quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Sem raízes ocultas não há paisagens belas



Ponte sobre Rio Leitão Mamanguape/PB Arquivo pessoal

As raízes das belas árvores não fazem questão de serem vistas ou elogiadas. Elas não têm ciúmes das flores que são queridas e admiradas. Não se queixam por não serem vistas; e, quanto mais se tornam fortes e viçosas, mais se aprofundam no solo, como se desejassem o completo anonimato. Todos olham para as flores, frutos, folhas e galhos. Muitos admiram o maravilhoso tronco de alguma imponente árvore. Mas, ninguém pergunta como são as suas raízes, nem qual a cor que elas têm. O aparente é quase sempre mais querido e desejado

sábado, 2 de dezembro de 2017

A verdadeira Beleza!

O belo não é o que se vê, mas o que se sente!



Joacil Luis - Psicólogo - CRP 13/6160   Contato: (83) 98745 4396 / 999625283 (Whatsapp).

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Bullying - A covardia que não tem fim.

Sem pretender entrar em termos mais técnicos sobre o assunto, considero de suma importância caracterizar o Bullying como um ato covarde onde um ou mais agressores usam de violência contra outros, escolhidos por algum traço "incompatível" com seus protótipos comportamentais. Para estes "valentões" não basta discordar de quem não tem suas características; é preciso coibir com insultos, apelidos e intimidações de todas as formas possíveis.

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

O QUE TORNA A VIDA BELA

     O que torna a vida bela é que quem usa os sapatos novos pode não saber dar os passos mais corretos; aqueles que usam as melhores roupas podem não ter os corpos mais apreciados; os que moram nas grandes mansões nem sempre habitam sob a PAZ; e os que desfilam em carros novos podem apenas estar procurando um alívio para alguma dor.

     O que torna a vida bela é que os mais bonitos podem se sentir feios, desprovidos de beleza, desagradáveis e indesejados; os que são fortes e fisicamente fortalecidos podem chorar diariamente, como se fossem crianças indefesas; e os que trafegam adornados por muitas joias podem ter um coração feio e incapaz de amar a si mesmo.

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Faça seu amor durar

Existem cinco emoções básicas que eu comparo muito com alguns animais:

A tristeza - O PORCO - come qualquer coisa, e vive na lama. Por isso, está sempre sujo.


O medo - BICHO-PREGUIÇA - come poucas folhas e raízes e prefere dormir 14 horas por dia, solitariamente, a arriscar algumas aventuras.


A raiva - ESCORPIÃO - pode devorar o pai de seus filhos e se matar com próprio veneno.


A alegria - UM LINDO MACAQUINHO - come frutas e faz muita graça, mas sua principal característica é a precipitação.


O amor - BEIJA-FLOR - se alimenta do que há de melhor nas flores - o néctar. E retira seu alimento sem causar qualquer dano a planta.


Para o amor durar, é preciso limpar constantemente o porco, encorajar a preguiça, amansar o escorpião, ensinar prudência ao macaco, mas acima de tudo, nunca deixar faltar flores para o beija-flor.


Joacil Luis - Psicólogo - CRP 13/ 6160          contato: (83) 98745 4396.

Leia o livro:

FAÇA SEU AMOR DURAR PARA SEMPRE

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Por que as pessoas mentem?

"A mentira pode se apresentar como o caminho mais fácil, mas somente a verdade conduz pela estrada da paz".


sexta-feira, 21 de abril de 2017

Por que as "Baleias Azuis" aparecem?

Imagem do Google
"Baleias azuis" podem surgir quando os pais negligenciam a formação emocional de seus próprios filhos; quando há mais investimento nas demais áreas e quase nenhum em suas almas; quando os presentes têm a intenção de cobrir uma ausência, muito mais do que de trazer diversão; quando os quartos dos filhos se tornam ambientes totalmente impróprios para a estadia dos pais; e, também, quando cada membro da família passa a viver de forma independente, mesmo que ainda não possam ser autônomos, como se fossem sozinhos no mundo.